sábado, 8 de outubro de 2011

REPORTAGENS DA INAUGURAÇÃO CANAL 13




INAUGURAÇÃO DO CANAL 13 EM ROLIM DE MOURA, TV NOVO TEMPO, SEXTA FEIRA 16 DE SETEMBRO NO ESPAÇO ALTERNATIVO AS 18:30 COM PASTOR GILMAR ZAHN E CANTOR VAGNER DIDA. A ESPERANÇA ESTA NO AR. TV NOVO TEMPO. SINTONIZE CANAL 13.


TV NOVO TEMPO - CANAL 13 - REVISTA NOVO TEMPO





TV SBT - CANAL 8 - TRIBUNA LIVRE



VINHETA TV NOVO TEMPO CANAL 13



terça-feira, 13 de setembro de 2011

INAUGURAÇÃO DO CANAL 13 EM ROLIM DE MOURA, TV NOVO TEMPO, SEXTA FEIRA 16 DE SETEMBRO



INAUGURAÇÃO DO CANAL 13 EM ROLIM DE MOURA, TV NOVO TEMPO, SEXTA FEIRA 16 DE SETEMBRO NO ESPAÇO ALTERNATIVO AS 18:30 COM PASTOR GILMAR ZAHN E CANTORES VAGNER DIDA E O JEFERSON PILLAR. A ESPERANÇA ESTA NO AR. TV NOVO TEMPO. SINTONIZE CANAL 13.

WAGNER DIDA



JEFERSON PILLAR




 TV NOVO TEMPO - VÍDEO NOVA PROGRAMAÇÃO




VINHETA TV NOVO TEMPO CANAL 13




quinta-feira, 8 de setembro de 2011

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Jovem Adventista do Sétimo dia da testemunho na Casa da Ana Hickmann

Wasthí - Uma moça simples e com princípios. "Sou capaz de fazer de tudo, menos passar por cima dos meus princípios que são mais fortes do que qualquer outra coisa". Demonstrou coragem e se negou participar do que considerou ser contra seus princípios. Deus tem seus fiéis espalhados em todas as religiões.


Jovem Adventista do Sétimo dia da testemunho na Casa da Ana Hickmann Parte 1  de 2





Jovem Adventista do Sétimo dia da testemunho na Casa da Ana Hickmann Parte 2 de 2





domingo, 14 de agosto de 2011

Mensagem Pastoral - Impureza X Santificação


Impureza X Santificação

“Porquanto Deus não chamou para a impureza, e sim para a santificação”. 1 Tessalonicenses 3:7.
 

                É comum vermos em reportagens, pessoas de todas as idades e de ambos os sexos procurando alimento no meio do lixo. Esta é uma visão que geralmente não nos agrada. Isto porque, quando se fala de alimento, certamente existe uma preocupação com a higiene. Portanto, alimento e lixo não se combinam. Este fato tem uma aplicação à realidade de nossa vida espiritual. Assim como ocorre entre alimento e lixo, impureza e santificação não se combinam.

O texto acima, escrito pelo apóstolo Paulo, mostra que Deus nos chamou para uma vida de santificação. No mundo da época, assim como na atualidade, as pessoas estavam acostumadas a um estilo de vida impuro, onde a prostituição, o adultério e a fraude eram práticas comuns. Desta maneira, o apóstolo, preocupado com os cristãos de Tessalônica, mostra nesta carta que tais práticas não são aprovadas por Deus (1 Ts 3:1 a 6). Podemos ver claramente Paulo fazendo um contraste entre impureza e santificação. Ou seja, os fiéis cristãos precisam ter, diante de Deus e dos homens, um estilo de vida que exalte ao Senhor e ao nome de Jesus.

                Esta mensagem de Paulo à igreja de Tessalônica se aplica também aos cristãos de hoje. Isto porque, assim como era naqueles dias, o mundo atual vive na prática do pecado. Além disso, a tentação para a promiscuidade, para a traição nos relacionamentos, para a fraude e para o roubo tem sido muito forte para os cristãos. Existem pessoas que, estando na igreja, vivem uma vida dupla. Enquanto estão na casa de Deus mostram uma aparência de santidade. Mas, quando em casa, ou longe dos irmãos na fé, tomam tempo par assistir, ouvir e também praticar o pecado, dando assim asas ao vício e tornando-se alvos e instrumentos do maligno. Será que você tem vivido uma situação parecida com essa? Existe algum pecado ou vício que você pratica e sabe que desagrada a Deus? Tem você prejudicado sua carreira cristã por causa da impureza? Lembre-se: impureza e santificação não se combinam. Deus nos tem chamado para a santificação. Por isso, tome agora a decisão de abandonar o pecado; peça perdão a Deus e passe a viver em santificação.

                Que as bênçãos de Deus sejam derramadas sobre sua vida hoje e sempre.


Pr. Leandro Henrique.

domingo, 29 de maio de 2011

Estados Unidos querem se aliar ao Vaticano

Os Estados Unidos têm interesse em ser um aliado do Vaticano, de acordo com documentos revelados pelo site WikiLeaks e antecipados nesta quinta-feira pela revista italiana L’Espresso. Segundo os documentos, a secretária de Estado americana Hillary Clinton teria orientado os embaixadores e diplomatas do país a criarem uma página na internet para acompanhar as novidades do governo pontifício. “O Vaticano pode ser uma potência aliada ou um inimigo ocasional. Devemos fazê-lo ver que a nossa política pode ajudá-lo a avançar em muitos princípios”, orientou o Departamento de Estado. Os relatórios, que serão publicados na sexta-feira pela revista, informam que os Estados Unidos consideram o Vaticano um modelo a ser estudado com atenção. “Trata-se de uma armada impressionante: 400 mil sacerdotes, 750 madres, cinco mil monges e frades, relações diplomáticas com 177 países, três milhões de escolas, cinco mil hospitais, braço operativo da Caritas com 165 mil voluntários e dependentes que prestam assistência a 24 milhões de pessoas”, afirmam os documentos.

O Departamento de Estado americano ainda apontou que a relação do país com o governo pontifício deve ser construída com cuidado. “Tudo depende da relação que possamos construir: devemos trabalhar juntos quando as nossas posições são complementares, assegurando que a nossa linha seja compreendida quando são divergentes”, dizem os textos.

(Veja)

Nota: Há um século (quando isso era inconcebível), Ellen White escreveu: “Os protestantes dos Estados Unidos serão os primeiros a estender as mãos através da voragem para apanhar a mão do espiritismo [de onde vêm, por exemplo, as principais produções espíritas do mundo]; estender-se-ão por sobre o abismo para dar mãos ao poder romano; e, sob a influência desta tríplice união, este país seguirá as pegadas de Roma, desprezando os direitos da consciência” (Ellen G. White, O Grande Conflito, p. 588). Será que falta muito para que essa tríplice união seja consolidada? Tarefa de casa: reler atentamente o capítulo 13 do Apocalipse.[MB]

http://www.criacionismo.com.br/2011/04/estados-unidos-querem-se-aliar-ao.html

NOVO ORKUT SEJA NOSSO AMIGO

NOVO ORKUT SEJA NOSSO AMIGO

















TWITTER: @adventistasro

terça-feira, 24 de maio de 2011

2011-05-22 - Domingo - Inicio das Classes Biblicas





2011-05-22 - Domingo - Inicio das Classes Biblicas

2011-05-21-Semana da familia Pr Fernando Rios - Batismos




https://picasaweb.google.com/adventistasrolim/20110521Sabado_Semana_familia_Pr_fernando#

2011-05-21-Semana da familia Pr Fernando Rios - Batismos


2011-05-18-20-Semana da familia Pr Fernando Rios




2011-05-18-20-Semana da familia Pr Fernando Rios

https://picasaweb.google.com/adventistasrolim/2011051820Semana_familia_Pr_fernando

2011-05-12 - o Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil




2011-05-12 - o Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil

https://picasaweb.google.com/adventistasrolim/AdventistasrolimComBr?authkey=Gv1sRgCLO_kZ-o4erESA#

terça-feira, 17 de maio de 2011

Mensagem Pastoral - Família, Uma Santa e Divina Ideia

Deus faz que o solitário more em família...” Salmo 68:6.

              A Igreja Adventista do Sétimo Dia, em toda a América do Sul, está dedicando às famílias esta semana, de 14 a 21 de maio. Em cada igreja estão se realizando cultos de adoração com momentos de oração e mensagens dedicados às famílias. Isto muito me alegra, pois a família é uma instituição importante em nosso planeta. A formação da família foi uma santa e divina ideia.  Deus, ao planejar a vida em nosso planeta, determinou que o homem se unisse à sua mulher para que ambos formassem uma nova família (Gn 2:24). Além deste fato, podemos perceber o cuidado de Deus com a família na bênção pronunciada a Abraão. Deus não direcionou a bênção a indivíduos, nem a uma nação. Ele disse: “... Em ti serão benditas todas as famílias da terra” (Gn 12:3). E o Salmo 68:6 declara que “Deus faz que o solitário more em família”. Todos estes textos evidenciam que Deus tem uma preocupação especial com as famílias.

Diante dos fatos observados anteriormente, é importante analisar o seguinte: será que temos dado à nossa família o devido valor? Temos dedicado tempo de qualidade ao cônjuge e aos filhos? Estas são perguntas que nos dão muito em que pensar. Mas, além de tudo isso, é importante lembrar que o tempo passa para todos. E, se não aproveitarmos as oportunidades que temos agora, depois poderá ser muito tarde. Por isso, como pastor, esposo e pai que sou, quero pedir que você valorize sua família. Na verdade, quando os problemas crescem, quando falta o dinheiro, quando a fama e o poder não existem mais, é a família que nos sustenta e apoia. Sendo assim, por maiores que sejam seus compromissos ou por mais que você enfrente problemas com a família, por favor, peça a ajuda de Deus, busque soluções para os problemas e dedique-se a este grande tesouro que o Senhor colocou em sua vida.

Se você, por outro lado, está longe de sua família, ou se não tem família, saiba que há um Deus no céu que nunca lhe abandonará. Ele está agora mesmo ao seu lado para lhe dizer que ama você e para lhe dar esperança. Um dia, todos nós seremos libertos de todos os traumas e sofrimentos e viveremos a vida eterna, como uma grande família, na maravilhosa presença de nosso Deus e Pai.

Que o Senhor abençoe sua vida e sua família, hoje e sempre.

Pr. Leandro Henrique
leandroheol@yahoo.com.br

domingo, 15 de maio de 2011

ELAS Merecem!

ELAS Merecem!

“Toda mulher foi esculpida pra sentir-se única, mesmo fazendo o papel de várias”
.
Um dia entenderei como funciona a mente feminina, mas enquanto este dia não chega o negócio é admirá-la. Como pode? Deve existir algum dispositivo clonado da divindade dando a elas a capacidade da “pluralidade proativa de percepção pragmática do cotidiano”. (Captou? Queria filosofar um pouco…!) Aterrissando do devaneio, simplesmente é incrível como elas conseguem fazer um montão de coisas tudo ao mesmo tempo. Já percebeu? Discretas e poderosas as mulheres destilam tamanha habilidade de ações múltiplas que nos reduzem a meros mortais admiradores de sua força ateniense embrulhada em dons inquestionáveis. Elas conseguem, nós não!
Hoje acordei com vontade de honrar esta qualidade ímpar na minha esposa, que desfila soberana na passarela do meu mundo. Ao homenageá-la extasiado, repouso em paz na possibilidade justa de estender este reconhecimento a tantas outras por aí. (Podem se incluir, vocês merecem!) Pois acredito, cada vez mais, que toda mulher foi beijada por Deus pra sustentar em seu corpo de titânio responsabilidades tão imensas quanto incríveis: ser bela, ser mãe, ser forte, segura, companheira, divertida, educadora, profissional, caseira, decidida, prevenida e a lista seguiria implacável até a costa da Malásia. Mulher é um universo de nuances indecifráveis digna de uma obra de arte.
Escrevo enquanto minha heroína dorme – um sono profundo pelo cansaço, e supérfluo pelo estado de alerta. Desde que virei pai-coruja minha mulher se tornou mãe-absoluta. Malcolm Montgomery disse: “o nascimento da mãe é o mais importante” (Mulher, o Negro do Mundo, p. 155), por isso, quando a maternidade chega, o mecanismo feminino de sobrevivência sofre alterações instintivas inacreditáveis. Elas conseguem dar banho sem tomar banho, podem alimentar se alimentando, decifram um choro indecifrável, trabalham fora protegendo dentro, e ainda, como não bastasse, cuidam de si cuidando de nós, maridos, que não cuidamos de nós mesmos. “Agora embalo dois!” – ela disse uma vez, empurrando-me profundezas abaixo pra notar seu heroísmo. Não adianta, faço tudo pra ajudar, mesmo assim, às vezes atrapalho mais do que ajudo. É quando, num passe de mágica, ela se reveste de força sobre-humana pra dar conta do recado.
Outro dia, vivi a radiografia de um instante único: minha super-mulher tinha um olho no fogão com a papinha cozinhando, outro olho no bebê que espancava a mesa plástica, uma mão no controle remoto zapeando pro canal infantil, outra mão pra mamadeira de água rolando pelo chão, enquanto um pé puxava a cadeirinha infantil, outro pé fechava a porta do armário, ouvia pelo viva-voz a avó no celular, e ainda conseguia me enviar um “daqueles” sorrisos capazes de me fazer o homem mais bem-vindo do planeta ao voltar pra casa. Petrificado, encostei na parede tentando entender, encabulado: “como pode? Ela é humana, ou uma alienígena com poderes cósmicos?” Foi quando me despertou, saudando: “oi, amor! Chegou?! Beijo!” – ali estava a verdadeira rainha me obrigando a me prostrar em seu palácio real.
Mulheres. Ah! Como ganharíamos mais se perdêssemos mais. Explico melhor: se perdêssemos nossa indiferença, largássemos nossa pretensa onipotência e deixássemos pra trás nosso machismo arrogante, veríamos quanto valor existe nesta pessoa de garra polivalente e curvas estonteantes. Elas merecem nosso encantamento insistente, e deviam ser cortejadas feito misses – ainda mais, se coroadas pela maternidade. O que conseguem fazer simultaneamente é pra ocuparem o Guinness Book da capa à contracapa. Seus sentidos são bélicos: escutam ruídos ininteligíveis, o silêncio é um grito de alerta, distinguem o choro certo no meio de outros mil, sentem cheiros há quartos de distância e agem à velocidade da luz no perigo iminente. Tá louco! Uma mãe é um soldado de elite alvejando todos os alvos com extrema precisão.
Semana passada, voltei pra casa após quinze dias viajando. Doido de saudade da eterna-amiga-parceira, além dos souvenirs de sempre, presenteei-lhe com um “passe livre” de 90 minutos pra ela fazer seu exercício preferido correndo no parque. Ouvi uma sabatina de orientações e não gravei nenhuma. “Sou pai de uma filha maravilhosa. Dou conta do recado!” pensei prepotente. O que ocorreu, a seguir, foi a maior ginástica da minha vida. Duas semanas longe, e minha filhinha se transformara numa alucinante bola de basquete elétrica com energia descontrolada que nem Itaipu daria conta. Enquanto eu tirava meus blue-rays da banheira lá do quarto, reunia os controles do Wii “tele-transportados” pras panelas da cozinha. Os imãs de geladeira “fugiram” até o armário de azeite de oliva, e resgatei um sapato meu de dentro do vaso sanitário, que esqueci aberto – por não ter escutado a sabatina maternal. Dando água na mamadeira, já tinha que abrir o biscoito de maisena, foi quando notei o rastro no tapete da outra fralda cheia, misturado às migalhas de pão espalhadas em toda minha mala recém-aberta. Lembrei, tarde demais, que o chuveiro pro banho prometido continuava aberto e, ao pisar afobado no chão encharcado, ensopei minhas meias novas, e a barra da calça. Um barulho na sala espatifava outra cadeira no chão e, ao chegar, meu passaporte já estava na mesma boca desdentada cujos dedinhos espremiam meus óculos puxados da mesa. O celular sinalizava o chefe chamando, enquanto a TV “milagrosamente” ligou no volume máximo. Tropecei numa caneca que “escapou” pro meio do corredor, e já não dava mais pra impedir o “ser extraordinário” espremendo creme de barbear fuçado na bolsa de higiene. A incompetência do pai disparou nela o choro de saudade da mãe – foi quando caí na risada, tentando controlar o desespero de ser completamente tosco. Neste instante a porta abriu, e só me lembro de ter escutado “amor, e aí, como foi?”, pra cair exausto semi-acordado no tapete…, junto daquela fralda. (Tá rindo porque não foi você!)
Homens, ELAS merecem. E como merecem! Sempre mais do que temos reconhecido do lado de cá da nossa previsível civilização masculina, e nunca menos do que nossa humildade em apreciar as virtudes inimitáveis delas. Dar conta do recado é obra de especialistas dignas de remuneração milionária – ou, pelo menos, da mais alta compreensão da nossa parte quando os nervos ficam à flor da pele. Equalizar tantas cobranças da maternidade, dedicar-se à profissão de educar sério, administrar um corpo lindo colapsado pela gravidez, e ainda dar atenção a um marido-coruja que só faz uma coisa de cada vez, tudo isso – e muito mais – é a validação inquestionável do poder feminino que move o mundo. “Mulher virtuosa, quem a achará? (…) Ela lhe faz bem, e não mal, todos os dias da sua vida” (Provérbios 31:10 e 12). Esta versatilidade camaleônica é prova irrefutável do tremendo plano exclusivo de Deus para uma mulher, mãe e esposa. Ela não pode vacilar diante das assombrações do dia-dia – nem ousar desacreditar no espetacular projeto de eternidade desenhado pelo Criador.
Enquanto isso, nós, pais-corujas, temos a obrigação de sermos machos o suficiente para proteger e defender nossa fêmea-multi-tarefas, e homens o bastante pra revestir de carinho a companheira preciosa que o Céu nos ofertou. Sei que temos muitas outras qualidades masculinas incomparáveis, mas fazer tudo ao mesmo tempo pra todos e em todos os lugares, me perdoem, isso é habilidade exclusiva delas. Agora, podemos aprender? Ô, se não… Claro que sim! Não é humilhante um pai querer ser um pouco melhor como mãe, nem vergonhoso um marido desenvolver a flexibilidade de uma esposa. Na estrada dos relacionamentos, todos nós crescemos amadurecendo juntos.
Muitas mulheres procedem virtuosamente, mas tu a todas sobrepujas” (Provérbios 31:29). Cada mulher foi esculpida para sentir-se única, mesmo fazendo o papel de várias. Sábios são aqueles que valorizam isso! Quando a pressão da luta pela vida invadir o coração masculino, espremendo nossa sensibilidade romântica contra um muro de compromissos, agendas e negócios, temos de ver que do “lado pink” também tem sangue, suor e lágrimas. Elas foram feitas completas porque estávamos incompletos, e achadas porque ficaríamos perdidos. “Disse o Senhor Deus: não é bom que o homem esteja só: far-lhe-ei uma auxiliadora que lhe seja idônea” (Genesis 2:18).O Criador foi tão perfeito que pôs no homem a força de fazer bem uma coisa por vez, e fez dela a auxiliadora insubstituível pra tudo mais ser feito também.
Fica aqui meu conselho de “marido-coruja”: se ela merece, e você reconhece, deixe-a saber! Sob o avental de guerra ela precisa receber um elogio de paz. Os respingos de comida salpicados na roupa justificam um abraço carinhoso daquele “que sabe que não sabe”. Chegamos cansados do trabalho, eu sei, mas elas ficaram cansando no outro trabalho: ser mãe, ser tudo, ser sempre. E estes seres que mereceriam o Olimpo estão ali dividindo nosso mesmo lar. Sem dúvida, vale a pena engrandecer quem faz por merecer.
E ELAS merecem!

ago 28, 2010 by pai coruja
http://www.paicoruja.eu/?p=436

Desejo da Mula

Desejo da Mula

“Sabedoria é saber o que fazer mesmo quando ninguém mais sabe”

.
.
Já estava na hora. Doze badaladas. O encanto infalível evaporou, a princesa escorregou na maionese e a carruagem se desfez em abóbora. A única diferença é o sapato de cristal trocado por uma fralda largada pra trás. Porque, finalmente, minha filha de 22 meses começou a extravasar sua natureza humana mergulhada no ácido do orgulho. Sua vontade não admite ordens contrárias, nem seus sins almejados aceitam um não paternal. Ela fecha a cara, bate o pé, lança-se no chão, além de caprichar no BBB (Berro Besta de Birra!). E eu, que me iludia ser “o único pai do mundo com uma filha de outro mundo”, aterrissei meus devaneios perante uma cria tão genial quanto geniosa. Pois é! A fada se quebrou em mil pedaços e eu sobrei de queixo caído pelo chão.
É claro que eu a amo! Sou transloucado de paixão por aquele serzinho. Mas, recentemente, comecei sentir a mistura do pódio com o fim da fila – do troféu valioso com a fúria do derrotado. Num dos casos, era só uma escada pra ela NÃO subir, mas foi travada uma Guerra do Vietnã pela obediência – e eu, os Estados Unidos, acabei perdendo pra selva. Outra vez, pedi pra não jogar a colherada plástica cheia de papinha no tapete – ela entendeu, fez um “rrrhhhh” e, num tom de desafio, jogou-a tão forte que foi na tela da TV. E o que falar da mania de se grudar no chão? Gente! Criança é tão ameaçadora quanto ringue de luta livre! Mas ao invés de agredir na altura do joelho, joga-se esperneando no chão. Nestas horas meu sangue sobe numa explosão, sinto um calafrio gelado no couro cabeludo, e vendo a razão descer pro pé antes de chutá-la longe, pergunto: “Meu Deus, o que eu faço agora?
A vida não vem como uma bula escrita “Modo de Usar”. Certas esquinas que temos pela frente escondem completamente a visão nos vedando do que vem a seguir. E a fase que acabo de “adentrar triunfalmente pelos portais da incompetência”, dizem por aí que só vai terminar quando eu acabar – antes! Pois esta Saga da Educação é hereditária, vitalícia e imprevisível. Sabe o mais intrigante? Se meu “docinho recém-nascido” tornou-se um infantil “ossinho duro-de-roer”, o amor que tenho por ela é ainda menor do que o de Deus por mim – por isso Ele dá o direito de escolha, liberdade de expressão e possibilidade de pecar. Por quê? Pra nenhuma criatura acusar o Criador de ter sido feita sem alternativa. Eu vejo isso em minha filhota cada vez que ela me olha com cara de Cuca!
Mas deixa eu voltar àquele momento indecifrável em que trocaria todas as minhas economias pela solução maravilhosa pra queda-de-braço entre pai e filha. Barganharia todos os meus pratos de lentilhas pela primogênita resposta ideal em cima do laço (Genesis 25:34). Só que não é o que acontece. O gênio sumiu! Posso esfregar uma lâmpada até dissolver as mãos que seguirei no silêncio das dúvidas enroscadas na falta de ideias. Semana passada, entrei em outra sinuca de bico. Disse a ela: “se você jogar o celular do papai de novo ficarei muito triste!” Ela jogou com cara de provocação. “Filha, vou repetir só mais uma vez: não faça isso!” Seu olhar parecia de lutador de boxe cara-a-cara com o adversário na hora da pesagem – e tacou mais forte. “Ultima vez, senão…” Antes de terminar, meu I-Phone já decolava rodopiando pelos ares da sala. Respirei fundo, meu Google Mental não achou um resultado sequer, segurei firme seu bracinho, e enquanto seu biquinho nascia, minha paz de espírito morria. Usei a força bruta só pra me sentir um fraco tolo logo depois. Três décadas e meia contra nem dois anos – além dos 78 quilos de massa gorda sobre 12 de porcelana frágil – soam um tanto constrangedor. Por isso me senti péssimo! (Calma que não fiz nada mais do que apertar seu braço, ufa!)
Sabe o que todo mundo implora nesta hora, sem nem expressar verbalmente? O que eu suplico pra Deus quando me sinto incapaz de me livrar da sensação de “jumenta de Balaão”– e ainda muda? (Números 22:21-30). Peço o dom mais valioso pra qualquer ser vivente neste mundo inexplicável: SABEDORIA. Porque sabedoria é saber o que fazer quando ninguém mais sabe. É esfriar a cabeça quando a chaleira do coração está fervendo. Isso é tão difícil quanto garimpar um diamante raro no quintal da própria casa. Confesso que tenho vasculhado com muito mais fervor esta jóia preciosa na galeria das virtudes. Afinal, quando me sinto relinchando com minha filha, já que ela não entende nada do que peço, imploro a Deus modificar meus coices em atitudes sábias. Mas isso não é fácil, muito menos natural ao meu jeito de ser.
Por isso vou segredar pra você o trecho bíblico que se tornou minha leitura predileta nos últimos dias. Lá vai! “Se, porém, algum de vós necessita de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e ser-lhe-á concedida. Peça-a, porém, com fé, em nada duvidando” (Tiago 1:5 e 6). Não é uma pepita brilhante achada no entulho do quintal? Tenho me agarrado a esta promessa divina como chimpanzé ao tronco no meio do vendaval. Daí eu entendo porque o próprio Criador apareceu a Salomão dizendo “pede qualquer coisa que Eu lhe darei!”, e sabe o que ele pediu? Sabedoria. Só isso – e tudo isso! (1 Reis 3) Pois quando se é sábio, todo resto será consequência óbvia das decisões acertadas.
E o que faço se pareço mula empacada perante uma criaturinha desnorteada? Tenho orado mais, lido mais, respirado mais, orado ainda mais e pedido muito, muito mais mesmo, perdão a Deus. Porque ser pai é tentar acertar mesmo em meio a vários erros. Educar é ser humilde pra aprender consigo errando antes de exigir impacientemente o outro acertando. A Bíblia chancela tudo isso: “a sabedoria, porém, lá do alto, é, primeiramente, pura; depois, pacífica, indulgente, tratável, plena de misericórdia e de bons frutos, imparcial e sem fingimento” (Tiago 3:17). Não tem saída! Ser sábio é não achar todo mundo burro. Ser sábio é construir seu próprio alicerce seguro antes de criticar o telhado de vidro do outro. O sábio prega mais com suas atitudes do que fica dando sermão de dedo por aí. E sábio é o pai que consegue ficar mais perto de Deus pra fugir de si mesmo na hora em que se sente tão pecador quanto seu próprio filho.
Olhando minha filha indecifrável antevejo a imutável Lei do Crescimento: não vai ser fácil. Quando mais me sinto provocado é exatamente quando mais percebo, estarrecido, o quanto ela se parece indiscutivelmente… comigo! Isso é duro e cruel – feito um espelho insensível refletindo minha própria feiúra. A culpa dela é reação genética da minha própria culpa. Por isso acredito que de joelhos dobrados fico mais apto pra receber o que Salomão também recebeu e, de repente, como num passe de mágica, percebo que também estou mais na altura da minha filhinha olhando pra mim. Seus olhinhos brilham a inocência da inexperiência enquanto me olham como se pedissem ajuda mesmo sem saber. É nesse momento ímpar que consigo ver aquilo que ela não entenderá tão cedo: viver esta vida é aprender vencer a si mesmo ainda que com a ajuda dos outros. Pode ser um pai errante amando mais do que jamais imaginou, e pode ser junto com o outro Pai Perfeito que já ensinou com Seu amor a maior lição da eternidade. Nós três juntos – princesa, mula e Deus – venceremos o mal, saberemos o que é melhor, superaremos o imprevisível e cresceremos para sempre.
Mais sábios. Mais aprendizes. E menos jogadores de colheradas pelo chão.

abr 9, 2011 by pai coruja
http://www.paicoruja.eu/?p=941


sábado, 30 de abril de 2011

2011-04-30-Reunião TV Novo Tempo em Rolim de Moura

2011-04-30-Reunião TV Novo Tempo em Rolim de Moura

Reunião realizada com todos os lideres das igrejas de Rolim de Moura, para informações do contrato de compra do canal 13 para TV Novo Tempo em Rolim de Moura, e estipular metas para as igrejas para os pagamentos da parcelas restantes.




https://picasaweb.google.com/adventistasrolim/20110430Reuniao_tesoureiros_TV_Novo_Tempo#

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Transformando amigos em irmãos

Em que consiste o projeto "Amigos da Esperança"
A Divisão Sul-Americana tem vivido momentos históricos, proféticos e especiais. Cada ano, temos avançado unidos, atuando como um só corpo na pregação de nossa esperança e causando impacto tanto na igreja quanto na comunidade. Grandes coisas já foram feitas, mas Deus continua oferecendo novas oportunidades para realizações ainda maiores no cumprimento da missão. Se você avaliar nossa caminhada até aqui, vai observar que a cada ano temos avançado um pouco mais com projetos simples, ousados e relevantes.
Em 2008, no “Impacto Esperança”, nossa igreja foi às ruas. Em 2009, levamos os amigos para dentro de casa com os “Lares de Esperança”. Em 2010, os dois projetos foram realizados juntos para serem consolidados. Por isso, em 2011, é tempo de ir mais além e levar muitas pessoas para dentro de nossas igrejas com o projeto “Amigos da Esperança”. Leia com atenção a descrição do projeto e veja como será fácil recebermos mais de dois milhões de amigos em nossas igrejas em um único dia, e ainda estabelecer a igreja em pelo menos dois mil novos lugares. A base de todo o movimento será o evangelismo da amizade, como uma oportunidade para transformar amigos em irmãos. Afinal, “a verdadeira e sincera expressão de simpatia cristã, dada com simplicidade, tem poder para abrir a porta de corações que necessitam do simples e delicado toque do Espírito de Cristo” (Ellen G. White, Serviço Cristão, p. 123).
Através deste projeto de evangelismo integrado, vamos fortalecer o ideal de envolver cada membro com a missão da igreja, pois “Ele não finalizará Sua obra sem os agentes humanos” (Ellen G. White, Serviço Cristão, p. 9). À medida que cada membro, de acordo com seus dons, aproveita as relações pessoais para levar pessoas a Jesus, usa um dos métodos missionários mais simples e poderosos. Ellen G. White confirma isso quando diz que “um dos meios mais eficazes de comunicar a luz é o trabalho particular, pessoal” (Testemunhos Seletos, v. 3, p. 62). Ela ainda reforça: “A influência pessoal é um poder” (Maior Discurso de Cristo, p. 36).
Não existe nenhum membro de igreja que não tenha um amigo, vizinho, colega de trabalho, membro da família ou alguém especial com quem tenha bom relacionamento e queira levar a Jesus. Pelo menos uma pessoa, que ele possa convidar para participar do dia dos “Amigos da Esperança”. Este é um projeto para todos, em que a participação de cada um torna forte e impactante o cumprimento da missão.

Objetivos do Projeto

Ao avançarmos unidos vamos:
  1. Fortalecer o conceito de evangelismo pela amizade, estimulando cada membro da igreja a transformar amigos em irmãos. “Em Sua sabedoria o Senhor põe os que estão à procura da verdade em contato com seus semelhantes que a conhecem” (Ellen G. White, Atos dos Apóstolos, p. 134).
  2. Criar condições para que milhões de pessoas visitem nossas igrejas no dia 16 de abril de 2011, dia dos “Amigos da Esperança”.“Não devemos esperar que as pessoas venham a nós; precisamos procurá-las onde estiverem” (Ellen G.White, Serviço Cristão, p. 121).
  3. Desafiar cada membro a convidar, pelo menos, um amigo para vir à igreja no dia dos “Amigos da Esperança”. Como resultado, dobrar o número de pessoas em nossas igrejas, em um único sábado, chegando a mais de dois milhões de convidados. “Muitos há que não irão à igreja ouvir a verdade pregada. Mediante esforços pessoais feitos com simplicidade e sabedoria, estes podem ser persuadidos a se encaminhar à casa de Deus” (Ellen G. White, Serviço Cristão, p. 130).
  4. Tornar a igreja mais receptiva e preparada para receber os novos amigos. É a oportunidade para fortalecer o ministério da recepção, tornando nossas igrejas mais amigas e atenciosas.
  5. Fortalecer a semeadura e a colheita no programa de semana santa. “Aquele que contempla o incomparável
  6. amor do Salvador [...] Sairá para servir de luz ao mundo” (Ellen G. White, O Desejado de Todas as Nações, p. 661).
  7. Comprometer cada instituição e distrito pastoral a plantar uma nova igreja durante o ano. Como resultado, alcançar pelo menos 2.000 novas congregações. “Grandes bênçãos lhes advêm de fazer abnegados esforços para firmar a bandeira da verdade em novo território” (Ellen G. White, Serviço Cristão, p. 184). “Necessitam-se missionários que vão a cidades e vilas erguendo aí a bandeira da verdade… a fim de que a luz da verdade penetre onde ainda não chegou, e a bandeira da verdade seja hasteada onde ainda é esconhecida” (Ellen G. White, Serviço Cristão, p. 179).
  8. Distribuir o livro missionário do ano, no preparo do terreno para a abertura de uma nova congregação. “Entre os membros de nossas igrejas deve haver mais trabalho de casa em casa, dando estudos bíblicos e distribuindo literatura” (Ellen G. White, Testemunhos Seletos, v. 3, p. 345, 346).

As Atividades do Projeto

“Amigos da Esperança” é um projeto dividido em diferentes atividades. Elas envolvem a igreja antes, durante e depois do dia 16/04, que é o grande dia de toda a campanha.

Os passos são os seguintes:

  1. 12 de março – Dia Mundial de Oração. Iniciar um grande movimento de oração intercessora, por aqueles que serão convidados para o dia dos “Amigos da Esperança”.
  2. 16 de abril – Dia dos “Amigos da Esperança”. Organizar a igreja para realizar um programa especial, atraente e tocante, envolvendo: a)Recepção equipada, motivada e uniformizada. b)Escola Sabatina especial. c)Momento de integração dos convidados com os membros da igreja. d) Adoração infantil criativa e bem ilustrada. e) Culto divino dinâmico. No caso de falta de espaço poderão ser realizados dois cultos. e)“Lares de Esperança”, levando os convidados para uma refeição em casa e entregando um livro missionário a cada um.
  3. 16 de abril – “Lares de Esperança”.
  4. Logo após o programa da igreja, os amigos devem ser levados para uma refeição em nossa casa. Essa será a oportunidade para conversar sobre a mensagem que foi apresentada na igreja e apresentar o convite para o programa que virá em seguida.
  5. 17-24 de abril – Semana Santa. O programa começa no dia seguinte ao dos “Amigos da Esperança”. Cada amigo deverá ser envolvido na programação, que poderá ser realizada em um pequeno grupo, local novo ou na própria igreja. Nosso desafio é ter 60.000 Centros de Esperança, que serão os lugares em que a programação da semana será realizada. É importante organizar também um programa especial para as crianças.
  6. Envolver os membros em estudos bíblicos com seus amigos, convidando os a participar de um pequeno grupo.
  7. Realizar um Impacto distrital, durante o ano, com a distribuição massiva do livro missionário na região onde será plantada uma nova igreja.
  8. Concluir o projeto com a semana de evangelismo via satélite, em espanhol, nos dias 5-12 de novembro; e, em português, nos dias 19-26 de novembro.

O Apoio Via Satélite

O canal executivo da TV Novo Tempo será usado para fortalecer diferentes etapas do projeto:
  1. Treinamento para anciãos e líderes, apresentando os detalhes do projeto, testemunhos e mensagens de motivação: a) Espanhol – Dia 19 de março. b)Português – Dia 26 de março
  2. Sermão especial para o dia dos “Amigos da Esperança”, 16 de abril, em português e espanhol, apresentado
    pelo Pr. Luís Gonçalves.
  3. Semana Santa, dos dias 17-24 de abril, em português, com o Pr. Fernando Iglesias; e, em espanhol, com o
    Pr. Moisés Rivero.
  4. Semana de evangelismo, em espanhol, nos dias 5-12 de novembro, direto de Buenos Aires; e, em português,
    nos dias 19-26 de novembro, direto de Belo Horizonte. Ambas com o Pr. Luís Gonçalves.

Os Materiais de Apoio

Deverão estar nas mãos da igreja dois impressos fundamentais para tornar o projeto mais sólido:
  1. Folder (folheto especial) apresentando a Igreja Adventista do Sétimo Dia àqueles que visitarem nossos
    templos no dia dos “Amigos da Esperança”.
  2. Livro missionário Ainda Existe Esperança, para ser distribuído amplamente pela igreja, buscando alcançar cada casa de sua região.
Livro missionário do projeto "Amigos da Esperança"
Serão distribuídos, de maneira especial no dia 16 de abril, para cada visitante de nossas igrejas, também serão usados para impactar os lugares em que serão abertas novas congregações e no trabalho pessoal de cada membro. O resultado final de todo esse envolvimento será o crescimento da igreja em comunhão e missão, ou seja, em sua qualidade e quantidade. Será uma nova e grande oportunidade para aprofundar nossas frentes missionárias e também para consolidar os pequenos grupos como a base do atendimento, envolvimento e mobilização de cada membro.
Nosso desafio é avançarmos unidos, tornando o projeto “Amigos da Esperança” um movimento de cada instituição, igreja e membro. Será uma oportunidade histórica para transformar nossos amigos em irmãos. Para isso, precisamos de sua atuação como ancião de igreja ou líder de congregação.
Afinal, esse é o programa de uma igreja chamada para conquistar o mundo dos últimos dias pelo poder do Espírito Santo. Mas o pré-requisito para isso é claro: “Se os cristãos agissem de comum acordo, avançando como um só homem, sob a direção de um único Poder, para a realização de um só objetivo, eles abalariam o mundo” (Ellen G. White, Serviço Cristão, p. 75).
Texto de Erton Köhler, presidente da Divisão Sul-Americana da Iasd, retirado da Revista Ancião sob autorização.

A Novo Tempo lança três novos cursos bíblicos on-line gratuitos

Descobertas Bíblicas, Desvendando a Profecia e Princípios.
O curso Descobertas Bíblicas é indicado para quem busca um conhecimento básico da Palavra de Deus. De fácil compreensão, ele apresenta os principais temas da Bíblia em 26 lições, que formam a base de conhecimento para quem deseja avançar na pesquisa bíblica.
Desvendando a Profecia é um curso bíblico sobre o Apocalipse com 17 lições. Elaborado por teólogos como, Luís Gonçalves, Rodrigo Silva, Rafael Rossi, Cirilo Gonçalves, Michelson Borges, Roberto Motta, José Carlos Ramos e Welington Barbosa, o estudo vai facilitar sua compreensão das profecias bíblicas. Conheça e entenda o contexto profético em que vivemos.
O estudo Princípios oferece respostas às perguntas mais intrigantes em 23 temas atuais. Com uma linguagem atrativa, assuntos de importância fundamental para a vida e para o futuro são apresentados de forma didática.Tema após tema, mostra ao aluno uma realidade que sempre esteve ao seu redor, mas era desconhecida. O conhecimento desde o “princípio”, à luz de “princípios” que são eternos agora, ao alcance de todos.
Os novo cursos estão disponíveis no site bibliaonline.net. Acesse e divulgue.

quinta-feira, 24 de março de 2011

Ainda Existe Esperança

Experimente a alegria de compartilhar esperança
Participe da campanha de divulgação do livro Ainda Existe Esperança. A meta é distribuir 11 milhões de cópias impressas e 3 milhões de cópias eletrônicas na Internet.
Comece enviando para seus parentes e amigos: www.esperanca.com.br/aindaexisteesperanca












sexta-feira, 18 de março de 2011

Informativo Mundial das Missões - 19 de Março de 2011



Vídeo com Alta Resolução - Opção 1 (54,6 mb): Clique AquiVídeo com Alta Resolução - Opção 2 (54,6 mb): Clique Aqui
Vídeo com Boa Resolução (22,0 mb): Clique Aqui
Vídeo com Baixa Resolução (7,20 mb): Clique Aqui
Áudio: Clique AquiTexto: Clique Aqui

Videos CATRE 2011 - Jovem com Poder

Os Informantes 01 - Catre 2011
Cobertura completa do XVII Retiro Espiritual "Jovem com Poder" - CATRE 2011 - Pimenta Bueno - RO







Os Informantes 02 - Catre 2011
Cobertura completa do XVII Retiro Espiritual "Jovem com Poder" - CATRE 2011 - Pimenta Bueno - RO








Hino oficial do XVII Retiro Espiritual - CATRE " Jovem Com Poder"



Vídeo 1



Vídeo 2

domingo, 13 de março de 2011

Video para divulgar o Novo site adventistasrolim.com.br

Envie esse video para seu amigos e do orkut, facebook e twitter, vamos divulgar site para os amigos.


Lição Adulto - 12ª A Natureza como Fonte de Saúde

“Os Céus proclamam a glória de Deus, e o firmamento anuncia as obras das Suas mãos. Um dia discursa a outro dia, e uma noite revela conhecimento a outra noite” Salmos 19: 1, 2




2011-03-12 Congresso de Mulheres: Entre Amigas e Irmãs

Congresso realizado na igreja central adventista na av. porto velho, com a presença de todas as mulheres da cidade, reunindo os 3 distritos da cidade.






sexta-feira, 11 de março de 2011

Clip Arautos

Clip Arautos 

Informativo Mundial das Missões - 12 de Março de 2011

Vídeo youtube




Informativo Mundial das Missões - 12 de Março de 2011

Link baixar vídeo melhor qualidade:
Vídeo com Alta Resolução - Opção 1 (53,1 mb): Clique Aqui
Vídeo com Alta Resolução - Opção 2 (53,1 mb): Clique Aqui
Vídeo com Boa Resolução (22,2 mb): Clique Aqui
Vídeo com Baixa Resolução (7,22 mb): Clique Aqui
Áudio: Clique AquiTexto: Clique Aqui

site:
http://www.daniellocutor.com.br/